quinta-feira, junho 08, 2006

Pró-actividade

- Sim, sei muito bem de que se trata, até porque é uma exigência das minhas funções há imensos anos. Ser pro-activo é perguntar-se como algo pode ser feito, em vez de dizer que não pode ser feito. Agora não me lembro, em todo o vasto conhecimento que tenho da matéria, de alguma vez ter deparado com o capítulo intitulado "Como fazer milagres". Isso já não sei. Lamento
(sim, por vezes dou respostas aos meus superiores que os surpreende, pela positiva. Deve ser por isso que me adoram)

he he, gaba-te cesto!

9 comentários:

LemonTea disse...

Amanhã vais à vindima? ;)

jomaolme disse...

LOL!!!
Pois, milagres é q é um bocadito mais dificil...
Ás vezes temos que alimentar e elevar o nosso ego e para isso temos que por a modéstia de parte...LOL!!!

Beijokas

confidencia disse...

E ainda há aquela opção: dizer que pode ser feito e que se fará. E depois....não fazer a ponta dum cor**. Quando o chefe pergunta: "Já está feito" vai-se dizendo "Quase" ;)

bifinha disse...

olha que eu começo a acreditar em milagres!!!

Zélia disse...

Eh eh eh :)

Então continua com essas respostas e assim garantes o emprego :) Lol

Beijinhos e bom fim de semana :)

SEAMOON disse...

olha que ás vezes só se vai lá com um milagre mesmo...lol.

jinhos e bom fds.

Bernardina disse...

Quando encontrares o capitulo "como fazer milagres" partilha connosco porque realmente tambem estou a precisar de alguns.
Entretanto tens a certeza de que o emprego está garantido!
LOl

Beijos grandes

a disse...

milagres? não é disso que estamos à espera? bom fds.

Silver disse...

Oh lemonlinda, não achas um bocadito cedo para a vindima? bjinhes x2 :)

jomaolme, temos que inventar um forma de fazer milagres, é o que é! bjinhes

confidencia, o pior é quando o chefe pergunta o tamanho do quase.. he he, bjinhes

oh bifinha mas... os milagres existem.!. não sei é onde ;) bjinhes

ai Zélia, o emprego é que não pode fugir. bjinhes

hey seamoon, se vires por aí um milagre, dás-lhe a minha morada?
;) bjinhes

Fica descansada Bernardina, que te envio um milagre assim que o avistar. bjinhes kida

a, no fundo queríamos poder comprar milagres, se estivessem aí à venda. ah pois! bjinhes