terça-feira, maio 16, 2006

The (RED) Independent

Half the revenue from the edition will be donated to the Global Fund to Fight Aids.

10 comentários:

Anónimo disse...

Até estava a estranhar a falta da informação!!!

Silver disse...

Anonyzinha, tu não estranhes nada. nadica. bjinhes

125_azul disse...

e até parece que aind há gente séria, a modos que com boas intenções e tal...

blue kite disse...

Já hoje tive de me chatear (em termos relativos, que eu sou uma pessoa que nunca se chateia verdadeiramente com coisas que não respeitem à vida-morte ou injustiças) por causa do jornal...

Enfim... há gente que gosta de abrir a boca sobre o que não sabe (pro cá é o que mais abunda naquele estilo tuga inconfundível) e isso irrita-me muito. E ao ocntrário do que é usual perdi 5 m da minah vida a responder-lhe mas ao menos fiquei de consciência tranquila...

blue kite disse...

Não querendo abusar aqui do teu espaço tive de chegar a isto... em resposta a uma pessoa que veio declarar que odiava estas ideias (o jornal) e que os U2 apelaram desde sempre ao uso de drogas.

_________________

Como é hábito, as pessoas falam sem conhecer as coisas, pelo menos razoavelmente.

1. Nunca os U2 incitaram ao uso de drogas (e agradeço que me prove o contrário com factos e não com teorias vagas sobre Running to stand still, por exemplo). Na verdade, o percurso deles é precisamente o oposto. Foram até, e ainda são, das poucas bandas a nível mundial conotados com a religiosidade cristã, tendo 3 dos seus elementos sido membros activos de uma comunidade cristã na Irlanda dos anos 80.
Terá sido por exemplo o Sunday Bloody Sunday um apelo às drogas e à violência? Ora façam-me o favor. Quem reuniu os lideres desavindos no conflito irlandês e os fez apertas as mãos à frente do mundo inteiro? Um clone do Bono? Quem foram os únicos a atrever-se a fazer um concerto onde mais ninguém ousou na altura - Sarajevo? E etc.. E olhe que o etc duraria horas a descrever.

2. A preocupação humanitária do vocalista (não confundir o Bono com os restantes, apesar dos outros 3 o apoiarem embora não tão entusiasticamenet como se podieria pensar pois isso colide muitas vezes com o trabalho e vida dos restantes)não é recente. Caso não saiba, e parece de facto não saber, começou com o Live Aid e logo depois passou 2 meses na Etiópia, num campo de refugiados, coo um vulgar cidadão a ajudar quem precisava. A partir dai desenvolveu muitas acções centradas em África (pouco conhecidas na maioria dos casos, mas nem por isso menos importantes, que nos últimos anos tiveram, de facto, muito mais visibilidade.

3. Claro que se pode criticar e achar que é mais um golpe publicitário que dura há 2 décadas. Mas desde logo os U2 não precisam disso. Após mais de 25 anos de carreira continuam a vender como poucos e a encher estádio e estádios pelo mundo fora só com a música. Ele podia muito bem fazer como fazem muitos. A vida pública acaba na música e os africanos que morram pois são responsabilidade de outro alguém.Na verdade, que tem ele a ver com isso? Só por ser famoso tem alguma obrigação moral acrescida de ajudar quem quer que seja?

4. Criticar por criticar é excessivamente fácil. Fazer, nem que seja o que está ao alcance de qualquer um (cada um de cordo com as suas possibilidades, obviamnente)... isso é mais difícil. Incomparavelmente mais difícil. Dá trabalho, exige entrega pessoal ...

Chocolover disse...

Só cá vinha dizer um alô!

Por isso Alô!

Beijos grandes!

Silver disse...

125_azul, ainda há gente séria. Acreditemos nisso. bjinhes

Hey Kite, ora tu usa o espaço à vontade. É nosso. E depois subscrevo cada letrinha tua. Sabes, eu já nem ligo a essas bocas foleiras do povo. Afinal, a inveja é uma coisa muito feia. bjinhes kida kite. bjinhes

Chocozinhaaaa :) e que Alô tão lindo o teu. Alô para ti tambem e bjinhes x2

blue kite disse...

Pronto, desculpa mesmo o abuso...

Mas esta boca do "povo" é um povo personalizado e com obrigação de investigar alguma coisa antes de abrir a boca.

Bj e walk on

xanocas disse...

Olá boas tardes...
Passo só para deixar uma beijoca para a "Tweeteezinha" :):):):)

Bjs

Silver disse...

Ah xanocas, já reparaste que fui tirar novas fotos :) bjinhes